FALA PRESIDENTE No. 2

A palavra do presidente, que inaugura a gestão que ficará à frente da ACOPREVI até 2021, é o discurso de posse feito por Maria Cristina Schembri, no dia 22 DE AGOSTO passado. Veja aqui suas primeiras impressões e planos.

“Em nome dos membros que compõem a Diretoria que hoje toma posse junto à ACOPREVI, gostaria de cumprimentar e agradecer a todos vocês que vieram aqui hoje nos prestigiar com suas presenças! Obrigada!

E agora gostaria de dizer MEU MUITO OBRIGADA àqueles que nos honraram com seu voto, neste exercício de democracia que não apenas confere legitimidade à Diretoria que ora assume mas, evidencia nossa responsabilidade e nos estimula ao trabalho, principalmente quando observamos o crescente número de participantes que, nessas eleições, elevaram o percentual a patamares bastante significativos em relação ao número total de associados da ACOPREVI.

Uma ACOPREVI que simplesmente não existiria não fossem as centenas de associados que nela depositam sua confiança, na expectativa de construir uma entidade capaz de zelar pelo seu patrimônio. Obrigada pela confiança depositada em cada um de nós eleitos para sua gestão no triênio 2018 – 2021.

Sei que não vai ser fácil substituir nosso tão querido colega Zé Antônio que, com sua dedicação, competência, experiência e vocação natural para o trato com as pessoas e com entidades, fez uma gestão brilhante! Mas me comprometo a enfrentar o desafio com determinação, transparência e disposição para o trabalho, para que juntos em torno do nosso objetivo comum, sejamos um parceiro forte junto ao COLETIVO ‘De Olho na Libertas’ e assim façamos uma grande atuação, no sentido de buscar as melhores soluções para as questões que surgem, principalmente aquelas que representam ameaças ao equilíbrio e à saúde financeira da Fundação Libertas. Não podemos deixar de ressaltar a participação conjunta com o SINDÁGUA e o DEAPES com quem sabemos, muito temos que aprender!

Para tanto, precisamos de uma ACOPREVI forte! E uma ACOPREVI forte só se faz com representatividade. Assim, pretendemos ir a campo em busca de novos sócios e fazer como marco desta gestão, o estímulo a maior participação do nosso associado, despertando seu interesse em conhecer a Previdência privada por meio do acompanhamento dos fatos e do estudo para assim, desenvolver uma consciência crítica construtiva!

Temos a nosso favor, além do interesse comum na preservação de nosso tesouro material, fruto do trabalho de anos de cada um de nós, a existência de uma associação já firmada e consolidada! Temos o apoio da COPASA que tem sido mais que uma patrocinadora, UMA PARCEIRA incondicional cujo apoio foi decisivo para grandes conquistas! Podemos citar como exemplo a mais recente delas que foi a aprovação de um MEMBRO eleito que nos represente na DIRETORIA da LIBERTAS! Temos, além de tudo isto, a parceria da própria Fundação Libertas, que tem aberto suas portas à ACOPREVI para assim ouvir a voz dos beneficiários dos nossos planos previdenciários.

Esta evolução na relação com as entidades que representam os participantes dos planos de seguridade nela abrigados é resultado do esforço feito no sentido da modernização de sua gestão. Vale ressaltar que além da COPASA, outras entidades têm seus planos previdenciários abrigados pela LIBERTAS, como: PRODEMGE, CODEMIG, MGS, COHAB. Prova dessa modernização foi a construção participativa do seu planejamento estratégico, cujos frutos já são evidentes e a própria aprovação do Diretor eleito que citamos anteriormente.  A tendência e expectativa de todos nós é que este processo continue.

Por fim, mas não menos importante, temos a ANAPAR, que nos representa em todos os fóruns nacionais que impactam a regulação do setor, além de nos orientar e instruir com sua atuação incansável.

Neste cenário, não podemos nos intimidar diante da grave crise por que passa nosso país com reflexos em todos os seguimentos da sociedade. Portanto, temos que arregaçar as mangas e trabalhar em detrimento dos desafios e ameaças que se renovam a cada movimento no campo político, financeiro ou social. Os fundos de pensão não ficaram isentos dessa crise. Mas, a Fundação Libertas tem dado bons exemplos de uma boa gestão minimizando o impacto em seu patrimônio!

Assim, durante o exercício de nosso mandato envidaremos os esforços de que formos capazes para corresponder à expectativa do associado. Sabemos que nem tudo que almejamos é possível mas não podemos nos omitir ou desistir de nos posicionarmos firmemente, com responsabilidade ética e dentro dos limites da lei, em prol das melhores decisões para a estabilidade da LIBERTAS, cujo patrimônio é destinado a suplementar as aposentadorias dos trabalhadores por ela assistidos, o que  inclui a aposentadoria de todos nós, os trabalhadores da COPASA”.